PSDB: Preso custa R$1.300 e aluno R$227 por mês aos cofres públicos do Estado

Boa Tarde, Luciano:
Segue abaixo a matéria Publicada no D’Hoje
Um abraço
Preso custa R$1.300 e aluno R$227 por mês aos cofres públicos do Estado
Considerando as despesas com o Ensino Fundamental e com o Ensino Médio e 4,2 milhões de alunos da rede pública estadual no Estado, o custo médio anual de cada aluno é R$2.733.
Suélen PETEK
O custo mensal para manter atrás das grades cada preso do sistema carcerário de Rio Preto é R$1.300, em contrapartida, um aluno dentro da sala de aula custa apenas R$227,75 aos cofres públicos do Estado. O levantamento é com base nas informações da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) e do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (SIOPE), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC).
De acordo com a Assessoria da Secretaria da Administração Penitenciária, o valor está incluso todas as despesas com comida, energia, salários de funcionários, medicamentos, manutenção, entre outros. “A SAP não divulga valores financeiros que repassa para suas unidades, mas cada preso custa em média R $ 1.300 ao Estado”.
As últimas estatísticas do SIOPE divulgadas no site do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), revelam o investimento do Governo do Estado em Educação. Para a manutenção e desenvolvimento do ensino, uma parte é proveniente do recurso do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e outra parte oriundas de impostos.
Considerando as despesas com o Ensino Fundamental e com o Ensino Médio e 4,2 milhões de alunos da rede pública estadual no Estado, o custo médio anual de cada aluno é R$2.733. O ano letivo tem 200 dias, mas para obter uma média mensal, o valor foi dividido por 12 meses, no entanto, o custo mensal de um aluno dentro da sala de aula sai apenas R$ R$227,75 ao governo Estadual.
Após analisar os valores repassados pelo Governo do Estado, o sociólogo Luciano Alvarenga disse que há duas políticas deliberadas pelo Estado.
“Com o baixo investimento em educação, o governo mantém a massa em condições precárias, não permitindo que a população melhore de vida. Há um investimento maior no sistema prisional comparado com a educação, se houvesse mais recursos para melhorar o ensino, parte da população carcerária não estaria na cadeia. O que se percebe é que pessoas de classe social mais baixa são mais propícias a ser introduzidos no mundo do crime, em razão de não ter acesso a educação de qualidade. Já a classe média e alta faz o investimento privado, a fim de proporcionar a boa qualidade do ensino, mas o povo não tem como pagar escolas para seus filhos. Por outro lado, com o aumento do número de marginais, a sociedade fica cada vez mais insegura, que culmina com a elevação dos gastos com os aparatos de proteção, que acaba por fomentar a indústria de segurança privada, bem como a venda de carros blindados, cerca elétricas, seguros de veículos, dentre outros”, avaliou.

Alvarenga mencionou ainda que há quatro décadas percebe-se um abandono no ensino público. “De cada 100 alunos que ingressam no primeiro colegial, 75 desistem antes de concluir o Ensino Médio. Estes alunos que abandonam os estudos estão convidados a entrar na marginalidade”, concluiu o sociólogo.
Questionada quanto o custo de cada estudante da rede pública que freqüentam as escolas de Rio Preto, a Assessoria da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, disse que o valor do repasse é igual para todos os municípios do Estado, com variação da quantidade de aluno, mas que o custo não seria divulgado porque a comparação entre o custo de um preso e aluno proposta pela reportagem é descabida. Em nota informou que o Governo de São Paulo destina para a Educação 30% de sua arrecadação, quando a Constituição Federal estabelece o mínimo de 25% e que o Estado venceu a batalha da universalização da educação básica.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s