O amor tem preço de mercado


Por Rodrigo Mansil – Jornalista/ TVTEM

Amigo Alvarenga,

Os gays explodem no mercado pela beleza jovial até o primeiro sinal de fadiga que é sirene avisando: – Acha que eu vou ficar com este velho ? Depois, talvez… se o cara tiver se cuidando, manter tudo em cima na academia “e lá em baixo” possa ter status de semi-novo. Aí vem a síndrome que derrota muitos: bancar o cara mais novo por amor (?) E por este mercado clandestino existem umbrais como dark room desregrado, a depressão, o medo de estar só, sem filhos, sem posteridade? Os heterosexuais não escapam. Que preconceito esse ? A lei da gravidade é igual para todos. A pior cena de um relacionamento é entrar no restaurante, sentar-se à mesa, terminar a refeição e sair sem dizer uma palavra. Será que o homem está notando o batom novo dela? E ela não está deixando de dizer: Amor hoje vamos parar tudo. Vamos pensar que hoje é o primeiro dia em que a gente se conheceu… Tentar. Errar. Aprender. Recomeçar. Se você já passou por tudo isso, em alguns relacionamentos pode estar certo. Você está envelhecendo ! Iisso é inevitável. Mas melhor não esquentar a cabeça não.

Do alto a visão é outra. Já começou a perceber?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s